Principal EDUCAÇÃO CEM de Gurupi apresenta projeto no Seminário Ibero-Americano “Poéticas da Criação”

CEM de Gurupi apresenta projeto no Seminário Ibero-Americano “Poéticas da Criação”

0
Compartilhe

O Projeto Expressões Artísticas com o subtema “Reflexões sobre os Retirantes de Portinari” desenvolvido por professores e estudantes do Centro de Ensino Médio de Gurupi será apresentado como relato de experiência no Seminário Ibero-americano sobre o Processo de Criação nas Artes “Poéticas da Criação”, a ser realizado no período de 5 a 8 de dezembro, no Centro de Artes da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), em Vitória-ES

O Seminário é promovido pelo Laboratório de Extensão e Pesquisa em Artes e pelo Programa de Pós-graduação em Artes da UFES, em parceria com a Universidad de Granada e Universidade de Lisboa.

O Projeto Expressões Artísticas auxiliou os alunos dos 1º Anos do Ensino Médio no desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita, como também ampliou o conhecimento acerca das artes plásticas e da vida e obra de Cândido Portinari. O material dos alunos será apresentado pelas professoras responsáveis pela a ação na unidade escolar, Maria Wellitania de Oliveira, das disciplinas de Português, Literatura e Artes, e Wânia Pimentel Leite, de Português, Aperfeiçoamento da Leitura e da Escrita e Redação.

O Projeto trabalhou com os alunos, o processo de criação da arte literária a partir da arte plástica, tendo como foco a produção de poesias embasadas na leitura das telas de Portinari que têm como temática “Os Retirantes”. O trabalho foi desenvolvido de forma interdisciplinar, envolvendo as disciplinas de Artes, Literatura, e Aperfeiçoamento da Leitura e da Escrita (ALE).

No desenvolvimento do projeto, os alunos da 1ª série do Ensino Médio leram e apreciaram, através de recursos multimídia, imagens das telas do renomado pintor e poeta. Sensibilizados pelas informações contidas nas telas, os estudantes puderam expressar por meio da escrita suas percepções, emoções e o desejo de transformar a realidade social.

Durante a execução do projeto, trabalhou-se também, os conceitos de artes, pintura e poesia. Os alunos construíram diálogos entre as artes e a literatura, fazendo a interação com diferentes linguagens. Com a metodologia de releitura das telas, os estudantes refletiram sobre a arte como recriação da realidade.

O estudante Giovane Martins enfatizou que o projeto ampliou o conhecimento acerca das artes plásticas e a vida e obra de Cândido Portinari.   “Interpretar obras de artes é uma forma diferente e prazerosa de praticar a leitura e compreender o mundo em nossa volta através do olhar e das mãos do artista”.

O diretor da unidade, João Rosado Diniz Filho, destacou a relevância do projeto na formação dos alunos.  “Ensinar leitura e escrita com arte é uma metodologia inovadora que torna as aulas prazerosas para os alunos e professores e oportuniza a atividade criativa, uma vez que a imaginação e a criatividade permitem experiências de aprendizagem. O aluno, por meio do projeto Expressões Artísticas, também pode aprender muito sobre a vida e a sociedade que está inserido, e o trabalho feito de forma interdisciplinar contribui significativamente para o avanço da leitura e escrita desses alunos”.

A professora Wellitania Oliveira ressaltou sobre o aprendizado com a metodologia de releitura das telas. “As obras de artes são excelentes recursos para desenvolvimento da leitura. Pela diversidade de temas e linguagens a arte contribui para a aprendizagem contínua do aluno, por isso, sua análise e percepção deve ser estimulada em sala de aula, para que os alunos compreendam que o processo de criação artística está relacionado com um contexto histórico, social e cultural. Nessa perspectiva, o aluno é obrigado a pensar além dos conteúdos básicos, e até visualiza soluções para alguns problemas que ele vivencia no seu cotidiano ”.

Para a professora Wânia Pimentel, o Projeto Expressões Artísticas tornou as aulas de ALE mais dinâmicas e interativas. “A análise dos quadros de Cândido Portinari intitulados “Retirantes” possibilitou aos alunos uma reflexão profunda sobre uma situação social recorrente. Essas análises e reflexões geraram excelentes produções poéticas, motivando assim o alunado a desenvolver melhor a leitura e as produções escritas. ”

Segundo a professora Zelma Freitas, o trabalho de leitura com as telas “Os Retirantes” de Portinari foi muito significante. “Eles perceberam, através das telas, que a miséria, a dor, a angústia e a falta de esperança eram passadas de geração a geração sem que nada fosse feito para melhorar aquela situação. Assim, discutiu-se em sala várias temáticas como: desigualdade social, desnutrição, o abandono e descaso com as políticas públicas. O resultado foi muito gratificante, pela participação dos alunos nas aulas e pela boa produção de poemas escritos por eles”.

As produções dos alunos serão publicadas em livro, a ser lançado pela unidade escolar no início do próximo ano.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Deixe seu comentário.

Please enter your comment!
Please enter your name here