Principal POLITICA Cinthia Ribeiro em crise, Ataídes manda fechar diretório e metropolitano se reúne...

Cinthia Ribeiro em crise, Ataídes manda fechar diretório e metropolitano se reúne de fora

0
Compartilhe

Ciúmes da aproximação de Cinthia Ribeiro com Amastha teria motivado atitude do senador em mandar fechar o diretório, impedindo que metropolitano se reunisse na terça.

Uma cena atípica foi presenciada por quem passou pela frente do Diretório Regional no PSDB na última terça-feira, 11 no final da tarde. Um grupo de mais de dez pessoas, reunidos do lado de fora, tratando dos últimos ajustes da chapa única que concorrerá ao comando do Metropolitano, que tem à frente ninguém menos do que a vice-prefeita, Cinthia Ribeiro.

Segundo um dos membros que esteve presente, mas não quer ser identificado, contou a ordem para fechar a porta, impedindo que a reunião acontecesse lá dentro, partiu do próprio presidente do PSDB, senador Ataídes Oliveira. “Fomos barrados no baile. Não sei o que deu nele”, disse o dirigente.

Nos bastidores, a história é que o senador está descontente com a vice-prefeita, Cinthia Ribeiro, por considerar que ela está mais próxima do prefeito Carlos Amastha do que dele. “Você já é Amastha ou ainda é seu amigo aqui?”, teria perguntado Ataídes para Cinthia num dos seus encontros mais recentes.

“A vice-prefeita foi abraçada por nós. Ela conquistou a equipe”, disse a um dos colaboradores do primeiro escalão do prefeito da Capital. Tentando manter a habilidade, Cinthia Ribeiro tem se esquivado de comentar o assunto e desde ontem não atende nem retorna as ligações para explicar por que a reunião do Metropolitano aconteceu de fora da sede.

“A gente ainda tentou argumentar que ali é um espaço do partido, mantido com recursos públicos de repasse institucional, mas não adiantou. Uma pessoa que trabalha lá para ele, veio, fechou a porta e nos deixou de fora”, contou o dirigente.

Amastha diz que só tratará com metropolitano
Procurado para repercutir o caso, o prefeito Carlos Amastha disse que a partir de agora, “enquanto a vice-prefeita Cinthia estiver no PSDB, só trato com o diretório Metropolitano”.

O prefeito evitou comentar o episódio.

Entenda o caso
O PSDB de Palmas era uma comissão provisória, mas segundo resolução da Nacional, deve ser transformado em diretório metropolitano, uma vez que é um partido constituído numa capital e elegeu representante na chapa majoritária, no caso, a vice-prefeita. Inclusive, com boas chances de assumir o comando do município.

O que muda é que comissões provisórias podem ser desfeitas ao bel prazer do comando regional do partido, já diretório metropolitano, não. “É um avanço, uma regra da democracia, transformar a comissão em diretório, não vejo por que isso possa incomodar”.

Deixe seu comentário.

Please enter your comment!
Please enter your name here